no faro da notícia

Votação na Câmara Federal pode provocar apagão rodoviário para 27 milhões de brasileiros

Projeto de lei vai tirar de circulação milhares de linhas de ônibus interestaduais, deixando de atender pelo menos 481 municípios

Maurício Rodrigues de Macedo

F 7 Comunicação

Buser

14 de dezembro de 2021 - 15:42

A oportunidade de conexão rodoviária interestadual está sob forte ameaça. O possível encerramento de 15 mil linhas de ônibus coloca em risco a abertura de mercado trazida pela inovação no setor de transportes terrestres. Sem o atendimento das empresas de ônibus que atuam nessas rotas, a população fica refém do sistema precário, caro e arcaico.

Mais de 27 milhões de brasileiros que tiveram a oportunidade de se deslocar de forma ágil e direta para outros estados, poderão perder a conexão rodoviária federal. Enquanto a sociedade acelera rumo ao desenvolvimento e inovação, alguns políticos e empresários insistem em retroceder. O PL 3819/2020 insere barreiras ao mercado competitivo, menosprezando oportunidades de concorrência.

De acordo com dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), as autorizações concedidas a partir de 30 de outubro de 2019 permitiram novas regras de exploração dos transportes terrestres coletivos. O estado de Minas Gerais, por exemplo, que possui a maior malha rodoviária do Brasil, teve um aumento significativo para novos destinos. Mais de 11 milhões de pessoas puderam contar com novas rotas, o que conecta 50% da população com outros estados do país. São 110 cidades ligadas para outras oportunidades e destinos.

Outro dado de destaque apresentado pela ANTT são as conexões no estado do Paraná. São 104 cidades beneficiadas com novas conexões rodoviárias interestaduais. Ao todo, mais de sete milhões de pessoas estão aptas para viagens com destino interestaduais.

Na Bahia, se a matéria for aprovada, 44 municípios ficarão de fora do mapa rodoviário, somando-se 1,5 milhão de pessoas prejudicadas. 

A iniciativa pode acarretar em prejuízo para as pessoas que se deslocam, por exemplo, para trabalhar, estudar ou até mesmo buscar atendimento médico. O projeto de lei coloca em risco um cenário que foi conquistado graças ao mapeamento de oportunidades e aos novos negócios, promovido por pequenas e médias empresas.

Exemplos de municípios que serão prejudicados no deslocamento por transporte rodoviário interestadual

Minas Gerais: Além Paraíba, Alfenas, Ituiutaba, Planura, Araguari, Uberlândia, Uberaba, Barbacena, Barroso, Manhumirim
Bahia: Capim Grosso, Senhor do Bonfim, Salvador, Feira de Santana
Espírito Santo: Linhares, Serra, Fundão, Ibatiba, Guarapari, Colatina, João Neiva
São Paulo: Santos, Embu, São Carlos, Guaratinguetá, Campinas, Americana, Praia Grande, Ribeirão Preto, Coronel Macedo

Sugestão de fontes:

  • Buser: Marcelo Vasconcellos
  • Economista: Claudia Viegas, da LCA Consultores
  • ANTT
  • Empresário: João Cleto da Luz, 53 anos, conseguiu autorização para operar as linhas de ônibus entre Belo Horizonte e Linhares, no interior do Espírito Santo, e a capital mineira e São Sebastião, no litoral paulista. Para isso, precisou investir quase R$ 3 milhões na compra de novos veículos. Contato: (31) 9 9982-5374
  • Prefeita de Uberaba (MG) – Elisa Araújo (34) 3318-2001
  • Prefeito de Feira de Santana (BA): Colbert Martins

Pautas relacionadas

Cartórios podem regularizar CPFs de crianças para cadastro e vacinação contra a Covid-19

Cartórios podem regularizar CPFs de crianças para cadastro e vacinação contra a Covid-19    Mais de 3.5 mil unidades em todo o país podem realizar a inscrição da 1ª via de CPF e a emissão de 2ª via desses documentos a menores que precisam do documento    A vacinação de crianças de 5 a 11 […]

Elaine Brazão

Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais - Arpen-Brasil

1 semana atrás

Artigo: Como garantir uma real inovação para o comex brasileiro?

Por Alexandre Gera* Não há como negar, a tecnologia tem reinventado todas as esferas da economia. Quando pensamos no segmento do comércio exterior, exportadores, importadores e prestadores de serviços, incluindo os desenvolvedores de software, que praticamente viraram commodities de tantas opções que são ofertadas no mercado, apontam novas tecnologias como fatores cruciais para diversas mudanças na […]

Ketheleen Oliveira

DigiComex

1 semana atrás

Certificação COVID SAFE auxilia hotelaria na adoção de medidas de prevenção à Ômicron

Com o avanço da vacinação contra a COVID-19 – aproximadamente 70% da população brasileira vacinada – as medidas de proteção em relação ao vírus foram ficando menos restritivas e mais preventivas. Porém, com a disseminação da variante Ômicron, altamente contagiosa, e o contínuo recorde de casos no mundo, ficou claro que a prevenção não deve […]

Andrezza Hernandes Rodrigues

APCER

1 semana atrás

  • Todos
  • Economia
  • Justiça
  • Outros
  • Política

Resultado Total: 0

Digite o assunto para exibirmos as pautas relacionadas