no faro da notícia

Válvula single use é novidade em tecnologia na feira FCE Pharma

Conceito de produção da GEMÜ elimina etapa de limpeza e atende laboratórios com produtos de alto valor agregado

Helena Carnieri

Smartcom

GEMU

19 de novembro de 2021 - 11:39

Depois de dois anos, a principal feira de máquinas e tecnologias para a indústria farmacêutica volta a ocorrer na São Paulo Expo. Será entre os dias 29 de novembro e 02 de dezembro, das 11h às 20h, com o seguimento de diversas medidas de segurança. Uma das tecnologias inéditas que o visitante irá conferir é a válvula single use, equipamento destinado a laboratórios que fabricam produtos de alto valor agregado e desejam maior produtividade.

“Com esse equipamento, o fabricante não precisa de processos de limpeza ou vapor. Ele termina uma batelada de produto e já desmonta o equipamento, troca as mangueiras e inicia outro processo de fabricação”, explica o gerente geral da área farmacêutica, alimentícia e de biotecnologia da GEMÜ do Brasil, Hans Paul Mösl. “Quando usa aparelhos em outro material, é preciso realizar processos de limpeza demorados para poder produzir outro lote, o que não é indicado nesses casos.”

O produto foi lançado neste ano na Alemanha e já está disponível para importação e adaptação pela GEMÜ do Brasil. Os três modelos de válvulas single use, cada um com atuador de características próprias, poderão ser manuseados no estande da GEMÜ, que terá 60 m2 e diversas outras tecnologias em demonstração. O projeto teve iniciativa da filial brasileira e foi levado a término na Alemanha. A solução é muito usada em laboratórios internacionais, a exemplo de produtos para tratamento oncológico, de alto valor agregado. 

 

Vacina nacional contra a covid-19 é destaque na FCE

Outro produto que o visitante da FCE Pharma poderá conhecer são as válvulas em aço inox de mínima rugosidade, desenvolvidas pela GEMÜ em parceria com a matriz alemã para a fabricação da vacina brasileira contra o coronavírus. A GEMÜ criou, especialmente, todas as válvulas da linha de geração e produção de água pura (PW) e água de injetáveis (WFI) do Centro de Produção Multipropósito de Vacinas (CPMV) do Instituto Butantan, em São Paulo. “Fornecemos em tempo recorde mais de 130 válvulas e blocos customizados para esse importante projeto”, salienta Mösl.

Entre os blocos especialmente projetados (M600 06-04.P7), 28 possuem construção de 6 vias, o que representa a tecnologia mais específica no mundo para a fabricação de fluidos farmacêuticos. “A solução em bloco elimina a possibilidade de contaminação por acúmulo de líquido no interior da válvula”, explica o especialista. “Com um projeto compacto e construção robusta em aço inoxidável tipo AISI 316-L, trouxemos o que há de mais avançado na Alemanha para montagem em loop de água para injeção (WFI). Isso permite a esterilização nessa construção especial, a retirada de amostra para análise em tempo real da qualidade de água de injeção, além da opção de esterilização da linha antes do processo de transferência de água WFI e a secagem por injeção de ar comprimido estéril.”

Com prioridade total, esse projeto foi desenvolvido pela matriz da GEMÜ na Alemanha em apenas quatro semanas, um tempo recorde. Após a importação, a fábrica brasileira realiza o polimento mecânico e eletropolimento, o que garante a máxima proteção para o líquido precioso que passará por dentro das máquinas.

GEMÜ é multinacional que atua em 50 países

O Grupo GEMÜ desenvolve válvulas, sistemas de medição e controle para líquidos, vapores e gases. No caso das soluções para aplicações estéreis, a empresa é líder mundial de mercado. Em 2020, registrou um faturamento acima de 330 milhões de euros, e conta atualmente com mais de 2 mil funcionários em todo o mundo. A GEMÜ atua em mais de 50 países, em todos os continentes.

Além da área farmacêutica, a GEMÜ do Brasil conta com válvulas e outros equipamentos de medição e controle para o setor alimentício, com o exclusivo sistema Plug & Diaphragm. A área de biotecnologia também conta com soluções da empresa, como na produção de biofertilizantes.

Em sua divisão industrial, atende setores como siderurgia e mineração, plantas automobilísticas e tratamento de água, entre outros.

SERVIÇO

FCE Pharma – Estande GEMÜ do Brasil

Quando – De 29/11 a 02/12, das 11h às 20h

Onde – São Paulo Expo (https://www.talkscience.com.br/fce-pharma)

 

Sobre a GEMÜ – A filial da multinacional alemã criada por Fritz Müller na década de 1960 disponibiliza ao mercado brasileiro válvulas de extrema eficiência e qualidade. A planta situada em São José dos Pinhais (PR), que conta com 100 colaboradores e completa 40 anos em 2021, produz válvulas e acessórios para o tratamento de água e efluentes em indústrias de todas as áreas, como siderurgia, fertilizantes e setor automobilístico, bem como para integrar sistemas de geração de energia. Na área de PFB (farmacêutica, alimentícia e biotecnologia), a GEMÜ é líder mundial e vende para toda a América Latina produtos de alta precisão, com atendimento local, além de consultoria com profissionais capazes de orientar na escolha da melhor solução em válvulas para cada aplicação.

Pautas relacionadas

Artigo: Após paralisação de 97% das atividades na pandemia, setor de eventos inicia retomada

Empresários e profissionais do ramo de eventos sempre buscaram a inovação como estratégia de negócios. Nos especializamos em criar novos formatos e experiências para que os eventos sejam marcantes para nossos clientes. Mas nos últimos dias de 2019 o mundo recebeu a notícia sobre a existência do novo coronavírus, que a partir de março de […]

Rodrigo Telmo Lico

Juliana

4 dias atrás

Empresas têm até dia 30/11 para fazer pedido de complemento e ressarcimento de ICMS-ST

No dia 14 de outubro de 2021, a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz-SP) publicou a alteração da Portaria CAT 42/2018, estabelecendo uma data limite de 30 de novembro de 2021 para que todas as empesas declarem as operações para o complemento e o ressarcimento do imposto retido por sujeição passiva por […]

Eduardo Barbosa

Grupo Certacon

4 dias atrás

O debate sobre a taxação de fortunas no Brasil

*Por Ana Campos Volta e meia, a taxação sobre grandes fortunas entra no espectro dos debates tributários do país e hoje conta com 37 projetos no Congresso abordando o tema – só no período da pandemia, por exemplo, 18 propostas foram apresentadas a esse respeito. Previsto na Constituição Federal de 1988, o imposto – na […]

Ketheleen Oliveira

Grounds

2 semanas atrás

  • Todos
  • Economia
  • Justiça
  • Outros
  • Política

Resultado Total: 0

Digite o assunto para exibirmos as pautas relacionadas