no faro da notícia

Certificação COVID SAFE auxilia hotelaria na adoção de medidas de prevenção à Ômicron

A nova e mais transmissível variante da COVID-19, Ômicron, já é responsável pela maioria dos contágios no Brasil e no mundo, reforçando a necessidade das medidas preventivas contra o vírus

Andrezza Hernandes Rodrigues

Infographya

APCER

14 de janeiro de 2022 - 11:51

Com o avanço da vacinação contra a COVID-19 – aproximadamente 70% da população brasileira vacinada – as medidas de proteção em relação ao vírus foram ficando menos restritivas e mais preventivas. Porém, com a disseminação da variante Ômicron, altamente contagiosa, e o contínuo recorde de casos no mundo, ficou claro que a prevenção não deve ser esquecida, e sim acentuada, e a certificação COVID SAFE, instituída pela APCER e voltada para validar as medidas de prevenção adotadas pelo setor de hotelaria, pode ser um grande aliado para que o estabelecimento transmita segurança e confiança a seus usuários neste momento de incerteza.

O passaporte de vacina tem sido um método utilizado pelos Poderes Públicos para proporcionar maior segurança, e em alguns estados e municípios, há obrigatoriedade do documento. Na cidade do Rio de Janeiro e em todo estado do Ceará, por exemplo, é obrigatória a apresentação do documento para hospedagem.

Entretanto, as vacinas não impedem o contágio por COVID-19 e, para certificar que um estabelecimento segue todos os protocolos sanitários, a APCER, empresa de origem portuguesa e líder na área de certificação em Portugal, criou a certificação COVID SAFE, um processo de auditoria que analisa mais de 300 parâmetros de instalações e infraestrutura das organizações, baseados nas orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e Ministério da Saúde, além de legislação específica definida por cada estado e município.

“Além de assegurar o funcionamento do estabelecimento com segurança e responsabilidade, é possível identificar falhas e corrigi-las, restabelecendo assim, a confiança da sociedade, parceiros e fornecedores”, explica Alessandra Gaspar, diretora executiva da APCER Brasil. “Independentemente do porte ou setor de atividade da empresa ou organização, o selo pode ser aplicado, seguindo as especificidades exigidas em cada área”, explica.

Sobre a APCER

A APCER é uma empresa de origem portuguesa, reconhecida mundialmente como um dos principais prestadores de serviços de certificação, auditoria a fornecedores, auditoria interna e treinamento. A organização oferece soluções de valor a instituições de qualquer setor de atividade, permitindo que se diferenciem em um mercado cada vez mais complexo e em constante mudança. Conheça mais sobre os serviços oferecidos em www.apcergroup.com.

Assessoria de Comunicação da APCER Brasil

Assessores: Alexandre Lacerda / Rosangela Oliveira / Andrezza Hernandes

Tel.: (11) 99948-9412 / (11) 95359-3008 / (11) 98368-4141

E-mail: [email protected] / [email protected]

URL: https://apcergroup.com/pt-br/

Pautas relacionadas

Cartórios podem regularizar CPFs de crianças para cadastro e vacinação contra a Covid-19

Cartórios podem regularizar CPFs de crianças para cadastro e vacinação contra a Covid-19    Mais de 3.5 mil unidades em todo o país podem realizar a inscrição da 1ª via de CPF e a emissão de 2ª via desses documentos a menores que precisam do documento    A vacinação de crianças de 5 a 11 […]

Elaine Brazão

Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais - Arpen-Brasil

1 semana atrás

Artigo: Como garantir uma real inovação para o comex brasileiro?

Por Alexandre Gera* Não há como negar, a tecnologia tem reinventado todas as esferas da economia. Quando pensamos no segmento do comércio exterior, exportadores, importadores e prestadores de serviços, incluindo os desenvolvedores de software, que praticamente viraram commodities de tantas opções que são ofertadas no mercado, apontam novas tecnologias como fatores cruciais para diversas mudanças na […]

Ketheleen Oliveira

DigiComex

1 semana atrás

Cartórios registraram 324 mortes de crianças de 5 a 11 anos por Covid-19 desde o início da pandemia

Com vacinação recentemente aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), as crianças entre 5 e 11 anos totalizaram 324 falecimentos por Covid-19 desde o início da pandemia. Este foi o número de óbitos para esta faixa etária registrados pelos Cartórios de Registro Civil brasileiros no período de março de 2020 à primeira semana de […]

Elaine Brazão

Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais - Arpen-Brasil

2 semanas atrás

  • Todos
  • Economia
  • Justiça
  • Outros
  • Política

Resultado Total: 0

Digite o assunto para exibirmos as pautas relacionadas