no faro da notícia

Buser amplia marketplace e abre novas parcerias nas rodoviárias

Em quatro meses de operação, o sistema já conta com parcerias em mais de 200 cidades em 20 estados do país e já transportou mais de 15 mil pessoas.

Lauro Rocha

F7 Comunicação

Buser

07 de março de 2021 - 17:53

As viagens de ônibus entraram de vez na nova era tecnológica. A Buser, startup que ficou conhecida por conectar passageiros a empresas de ônibus por fretamento, ampliou seu serviço para incluir as empresas rodoviárias que prestam serviço público a partir das rodoviárias.

Lançado em dezembro do ano passado, o Buser Passagens é um marketplace dentro da plataforma da Buser. Em quatro meses de operação, o sistema já conta com parcerias em mais de 200 cidades em 20 estados do país e já transportou mais de 15 mil pessoas. Agora, a startup está buscando novas empresas parceiras para levar o serviço a novas regiões.

“Queremos ampliar nosso marketplace com empresas que oferecem um serviço de alta qualidade”, afirma Marcelo Abritta, CEO da Buser. Para ingressar no sistema a plataforma exige que o preço final das passagens oferecidas pelas empresas seja menor ou igual ao preço já ofertado. “Quando a gente vende mais para o parceiro, ele aumenta a ocupação e consegue reduzir ainda mais o preço unitário do bilhete e aumentar seu faturamento”, diz Abritta.

A abertura vem trazendo resultados para a startup e para as permissionárias de serviço público. Hoje, as empresas das rodoviárias já cobrem cerca de 50% das cidades atendidas hoje pela Buser.

Para as empresas, a parceria veio em boa hora, principalmente diante do cenário atual em que vive o país, como explica Sinval Neto, diretor comercial da Luxor, uma das empresas que oferecem passagem pelo marketplace da Buser. “A parceria com a Buser tem ajudado muito a empresa na venda de passagens nos novos mercados que começamos a operar e nos ajudou a trazer clientes novos nas linhas que já tínhamos. Sem dúvida a Buser está com uma atuação muito importante para nós, ainda mais nesse momento difícil que o setor enfrenta”, diz Neto.

O plano da Buser é ambicioso. No sistema de fretamento a empresa cresce a um ritmo de dois dígitos por semestre, ostentando nada menos que mais de 3 milhões de usuários cadastrados em sua plataforma, 2 milhões de passageiros transportados, com média diária de 15 mil viajantes. Com a nova iniciativa, que visa democratizar ainda mais o serviço de transporte rodoviário no Brasil, a empresa pretende crescer levando conveniência aos passageiros que conseguem ter mais opções de trechos, horários e podem viajar com as empresas pelas quais já viajam há anos, através das rodoviárias.

As operações do novo serviço começaram com 4 empresas parceiras transportando 300 passageiros por semana entre 5 cidades, mas a praticidade do aplicativo para consulta e compra de viagens fez com que o novo modelo crescesse rapidamente e, hoje, já são 20 empresas parceiras, atendendo através das rodoviárias, com uma média de 1.400 passageiros por semana e mais de 200 cidades atendidas.

Entre as principais cidades que a opção de viagens partindo de rodoviárias está disponível estão: Curitiba/PR, Londrina/PR, Cascavel/PR, Joinville/SC, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Goiânia/GO, Salvador/BA, Feira de Santana/BA, Vitória da Conquista/BA, Recife/PE e Maceió/AL.

Segurança e tecnologia

Para fazer parte da plataforma, as empresas parceiras também passam por um processo de ajuste tecnológico fornecido pela Buser. A principal implementação é relativa aos itens de segurança, como o sistema de telemetria que controla a velocidade dos veículos e fiscaliza em tempo real o seu desempenho, além de sensor de fadiga, que monitora o motorista durante todo o percurso por uma câmera que mostra o nível de cansaço em que ele se encontra.

A Buser informa ainda que fornece um serviço de suporte 24h, com atendimento pelo chat direto no aplicativo para os passageiros e parceiros, bem como um serviço de alterações ou cancelamentos de viagens sem custo. “Se o ônibus quebrar, a gente socorre. O mesmo suporte que damos ao fretamento vamos dar aos parceiros que operam pelas rodoviárias”, afirma Abritta.

Outra função nova é o serviço de entrega de encomendas por meio das empresas de ônibus, a ideia da plataforma é aumentar ainda mais a lucratividade dos seus parceiros e já está disponível no site e no aplicativo. O sistema funciona da seguinte forma: as encomendas são recebidas nos pontos de embarque e são entregues no seu destino no prazo de 12 horas. O serviço já é oferecido para mais de 291 cidades do Brasil.

Pautas relacionadas

Válvula single use é novidade em tecnologia na feira FCE Pharma

Depois de dois anos, a principal feira de máquinas e tecnologias para a indústria farmacêutica volta a ocorrer na São Paulo Expo. Será entre os dias 29 de novembro e 02 de dezembro, das 11h às 20h, com o seguimento de diversas medidas de segurança. Uma das tecnologias inéditas que o visitante irá conferir é […]

Helena Carnieri

GEMU

1 semana atrás

O debate sobre a taxação de fortunas no Brasil

*Por Ana Campos Volta e meia, a taxação sobre grandes fortunas entra no espectro dos debates tributários do país e hoje conta com 37 projetos no Congresso abordando o tema – só no período da pandemia, por exemplo, 18 propostas foram apresentadas a esse respeito. Previsto na Constituição Federal de 1988, o imposto – na […]

Ketheleen Oliveira

Grounds

2 semanas atrás

Ibema lança papelcartão com 70% menos químicos e reduz peso das embalagens com poder das fibras

Você faz uma compra levando em consideração o seu impacto na natureza, mas quando vê, o artigo vem embalado em várias camadas de plástico – não é frustrante? Se depender da Ibema, isso não vai mais acontecer. A fabricante de papel para embalagens acaba de lançar o Ibema Naturale: papelcartão feito em material renovável e […]

Helena Carnieri

Ibema

3 semanas atrás

  • Todos
  • Economia
  • Justiça
  • Outros
  • Política

Resultado Total: 0

Digite o assunto para exibirmos as pautas relacionadas